Empresa gaúcha teve game indicado no Casual Connect, nos Estados Unidos

A Hermit Crab Studio, empresa que faz parte da Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul – ADjogosRS – teve seu game (The Blur Barbosa Vs Aliens) indicado na categoria Jogo do Evento – Escolha da Audiência, no Indie Prize, atração do Casual Connect, evento de jogos digitas independentes que aconteceu em julho, em São Francisco, nos Estados Unidos.

Com sede em Porto Alegre, a empresa encabeçada por Wallace Morais, fez parte da centena selecionada pela equipe do evento entre mais de mil projetos inscritos. O game foi desenvolvido em parceria com o jogador de basquete brasileiro Leandrinho Barbosa, que atua na NBA e na Seleção Brasileira. “A recepção do público foi muito boa! Especialmente devido a região onde aconteceu o evento”, destaca Wallace. Leandrinho atuou nas últimas temporadas pelo Golden State Warriors, equipe de Oakland, cidade próxima a São Francisco.

A indicação é mais um passo importante para a indústria nacional de jogos digitais. “O crescimento do nosso setor tem sido notório, tanto que eventualmente somos destaques nas principais redes de comunicação do país. Isso é importante por vários motivos: incentivamos mais pessoas a entrar nesse mercado, fomentamos novos negócios e mostramos como nossa indústria criativa pode ser sempre mais forte”, avalia Wallace.

O Indie Prize é uma atração paralela ao Casual Connect que busca por jogos independentes desenvolvidos ou em estágio final de produção. No evento, os games ficam na área de showcase, onde podem ser julgados por juízes especializados e, também, pelo público do evento.

ADjogosRS e Imgnation Studios debateram realidade virtual, em São Paulo

O vice-presidente da Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul – ADjogosRS e Fundador da Imgnation Studios, Orlando Fonseca Júnior, foi um dos participantes e palestrantes do BRVR, primeiro evento nacional voltado a realidade virtual, que aconteceu em São Paulo, no dia 16 de Julho. O BRVR tem como objetivo reunir produtores de conteúdo, pesquisadores e visionários de novas tecnologias e linguagens. Além da participação de Orlando, o Presidente da ADjogosRS, Carlos Idiart, também esteve no evento para acompanhar o mercado e realizar contatos importantes para o desenvolvimento da Associação.

“Foi um privilégio estar presente, receber o feedback do público sobre o nosso jogo e ainda poder palestrar com o pessoal que vem produzindo games de realidade virtual aqui no Brasil”, destacou Orlando. A Imgnation, empresa de Santa Maria, trabalha com realidade virtual desde 2014, quando foi convidada pela Samsung para participar de um novo projeto da marca, voltado para a nova tecnologia.

Orlando também participou de uma palestra ao lado de outros desenvolvedores de jogos voltados para realidade virtual. O painel contou com a participação de Paulo Souza, Evangelista da Unreal Engine no Brasil, Ana Ribeiro, da Pixel Ripped, Tiago Moraes, da Ovni Studios e Victor Hasselmann, da Black River Studios. “A participação foi muito intensa, e esperamos que muitos outros eventos como esse aconteçam em breve. Destaco, ainda, o quão organizado e promissor foi esse primeiro BRVR”, exaltou Orlando. O evento divulgou no Youtube a palestra completa com desenvolvedores, que pode ser assistida aqui https://www.youtube.com/watch?v=x7KkT2HxYQs.

Associação de Jogos Digitais do RS celebra resultados do BIG Festival

A Associação de Desenvolvedores e Jogos Digitais do Rio Grande do Sul – ADjogosRS, entidade gestora do Arranjo Produtivo Local de Jogos Digitais RS – APL Games RS – celebra os resultados das empresas gaúchas de games na 4ª edição do Brazil’s Independent Games Festival – BIG Festival, encerrado no dia 3 de julho, em São Paulo.  Além de participar do evento e ministrar palestras para o público, três empresas associadas venceram as principais categorias na premiação, incluindo Melhor Jogo e Melhor Jogo Brasileiro.

A comitiva levada pela ADjogosRS à São Paulo contou com 14 empresas associadas. A ação foi uma parceria entre a associação e o Sebrae, que ajudou a custear 30% das passagens e hospedagens dos desenvolvedores. No total, os representantes das empresas gaúchas participaram de 180 reuniões, tanto dentro quanto fora do matchmaking e as expectativas são de resultados positivos neste período pós-evento.

Conforme Ivan Silveira, diretor executivo da ADjogosRS, além de encontros comerciais, a associação teve a oportunidade de estreitar relações com outros grupos que estiveram no evento. “Conversamos com o pessoal do MIND, grupo de empresas de Minas Gerais; RING, do Rio de Janeiro e o BIND, da Bahia, todos com o objetivo de fomentar a construção e a organização das associações, compreender as necessidades de cada região, além de buscar viabilizar a participação deles no DASH, evento que a ADjogosRS vai promover em outubro desse ano e que divulgaremos novidades em breve”, conta Ivan.

 Para o presidente da ADjogoRS, Carlos Idiart, os bons resultados que a entidade vem conquistando junto às empresas de games já são resultado das ações de promoção e fomento à indústria de games do RS, executadas pela associação desde o início do ano. “A participação em eventos e a capacitação das empresas são ações concretas que estão sendo viabilizadas pelas verbas dos editais que conquistamos e estamos investindo de forma que o benefício seja revertido para a promoção e consolidação do mercado”, avalia Carlos.

Gaúchos levaram os principais prêmios do evento

Durante a premiação realizada no dia 30 de junho, três empresas gaúchas venceram em diferentes categorias. A Rockhead Games, de Porto Alegre, venceu a categoria Melhor Jogo Brasileiro, pelo título Starlit Adventures. Já o jogo Horizon Chase, da também porto-alegrense Aquiris Game Studio, faturou o prêmio na categoria Melhor Jogo. Essa foi a primeira vez que um game desenvolvido por uma empresa brasileira venceu a categoria. A Imgnation Studios venceu o prêmio BIG Starter Entretenimento, pelo jogo Monowheels VR.

“Horizon Chase ter vencido como Melhor Jogo do BIG foi incrível. E também histórico, já que foi a 1ª vez que um brasileiro venceu a principal categoria do festival. A Aquiris está em festa! Em especial porque um prêmio com esta grandeza avaliza ainda mais a importância de Horizon Chase como um dos principais jogos já feitos pela indústria nacional até hoje”, declarou o CEO da Aquiris Game Studio, Israel Mendes.

“Estamos muito felizes por Starlit Adventures ter sido eleito o melhor jogo brasileiro do festival! Este reconhecimento indica que acertamos em muitas escolhas feitas nos últimos anos. Nos sentimos orgulhosos e motivados para continuar lançando novos games baseados no universo de Starlit”, exaltou o CEO da empresa Rockhead Games, Christian Lykawka, que também agradeceu o apoio daqueles que acreditam na indústria brasileira.

Já Orlando Fonseca, Diretor Criativo da Imgnation Studios, destacou a importância da conquista do prêmio BIG Starter Entretenimento, dado ao jogo Monowheels VR. “Ganhar o Big Starter de melhor jogo de entretenimento valida ainda mais o que a gente vem fazendo, e ainda nos ajuda a continuar melhorando cada vez mais o jogo. Em uma indústria nascente como a realidade virtual, esse reconhecimento é algo muito importante”, exaltou.